sexta-feira, 18 de maio de 2012

DEGREDADOS DO BRASIL COLONIAL POST

DEGREDADOS DO

BRASIL

COLONIAL



Degredado é um termo português para um condenado ao exílio ou degredo .

A maioria dos degredados eram criminosos comuns , embora muitos fossem presos políticos ou religiosos ( ex. Cristãos-Novos ) , condenados a ser exilados do Reino de Portugal .

Os degredados desempenharam um papel importante na era dos Descobrimentos Portugueses ( sec XIV – XV )  e  tiveram de uma grande importância no estabelecimento de colônias portuguesas na Ásia, África e Brasil . Nos primeiros anos das descobertas portuguesas, e de construção do império, ( séculos XV e XVI )  os navios levavam um pequeno número de degredados, para executar   tarefas consideradas  perigosas .  

Ao atingir uma praia desconhecida, um degredado ou dois eram geralmente desembarcados  para testar se os habitantes nativos eram hostis. Após o contato inicial , tinham a função de passar as noites na  aldeia nativa (enquanto o resto da tripulação dormia a bordo dos navios) , para construir relações de confiança e coletar informações. Quando as relações se tornavam hostis, os degredados eram encarregados de negociar os termos de paz entre os navios e os chefes  locais.

Obrigações  habituais  incluíam ajudar a estabelecer pontos de aguada (fontes de água doce e potável para as naus ) e armazéns , servir como trabalhadores braçais   ou guarnecer um forte.

Os degradados abandonados em costas desconhecidas ( conhecidos como "os lançados" ou "os atirados" )  eram instruídos para aprender a  língua dos nativos  para mais tarde , atuar como intérpretes .

 Alguns degredados alcançaram fama como exploradores do interior, tornando seu nome quase tão famoso como os navegadores, descobridores e capitães .

 Alguns fugiam dos navios durante a viagem, geralmente em portos relativamente seguros ; outros entravam furtivamente em navios de regresso a Portugal (ou algum outro país europeu).

Consta na carta de Caminha que , ao retomar a viagem para as Índias -  após tocar as terras brasileiras -  Pedro Álvares Cabral deixou em terra dois degredados, um deles Afonso Ribeiro (o outro teria sido João de Thomar, sobre o qual nada se sabe), para "andarem com os índios e saber de seu viver e das suas maneiras". .

Outros tornaram-se nativos, construíram uma nova vida, mesclando –se com os habitantes locais e  abandonando o seu passado por completo ( ex.: o "Bacharel de Cananéia", Cosme Fernandes e João Ramalho ) .

Muitas das colônias brasileiras também foram originalmente fundadas com colonos degredados, ex. : Vasco Fernandes Coutinho em 1536 transportou cerca de 70 degredados para fundar Espírito Santo; o Governador Geral Tomé de Sousa levou cerca de 400 a 600 degredados para estabelecer Salvador, a capital original do Brasil Colonial , em 1549 .

Um comentário:

  1. PUTA MERDA ATÉ A CAPITAL ORIGINAL DO MERDIL FOI FUNDADA POR DEGREGADOS HAHA

    ResponderExcluir